Ao realizar uma viagem, tudo que qualquer pessoa espera é viajar com segurança e chegar bem ao seu destino, correto? Esse desejo é ainda maior quando falamos dos caminhoneiros e motoristas em geral, afinal, a maior parte destas rotinas estão nas estradas.

Infelizmente, alguns dados mostram que a realidade é outra e nem sempre os indivíduos estão protegidos nas estradas. Seja por descuidos próprios ou de outras pessoas.

Pensando nisso, a AVEP decidiu reunir algumas dicas extremamente úteis e eficazes para proteção de todos. Então, se o seu principal objetivo é chegar bem, faça uma pausa e leia este artigo. Vamos lá?

Viajar com segurança: dados

De acordo com dados de uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Transportes (CNT), em 2019 foram registrados 67.427 acidentes nas rodovias federais brasileiras. Deste número, cerca de 56 mil eventos resultaram em vítimas feridas ou fatais.

Assustador, não é mesmo? Neste caso, estamos falando de acidentes envolvendo qualquer tipo de veículo. No entanto, os dados também não são positivos ao analisarmos apenas os caminhões.

O Ministério da Saúde, em 2018, apontou que motoristas de caminhão representam 13,2% do total de 16.568 mortes no período de 2007 e 2016. Com base nestes dados, é possível entender a importância de viajar com segurança. Afinal, qualquer trabalhador deseja voltar para casa.

Sendo assim, vamos conhecer as dicas que podem reverter essa realidade? Fique atento aos próximos tópicos!

Viajar com segurança: 6 dicas

1. Mantenha a revisão do caminhão em dia

Essa é a dica chave para qualquer tipo de veículo, não é mesmo? Se você deseja ter cuidado consigo e com os outros isso significa ter cuidado com o próprio caminhão.

O automóvel é o responsável por grande parte da viagem, então é necessário ter certeza de que ele está em boas condições. Por isso, faça revisões periodicamente e, principalmente, cheque as funções do caminhão antes de viajar, a famosa manutenção preventiva.

2. Faça rotas planejadas e conhecidas

Quando o motorista já conhece o caminho, as chances de não ocorrerem problemas durante a viagem são muito maiores. Sendo assim, o ideal é realizar rotas já feitas anteriormente e planejá-las com cuidado.

Ao realizar um trajeto pela primeira, é importante fazer pesquisas, conversar com colegas de profissão e comunicar a rota para mais pessoas. Além disso, todo caminhoneiro precisa contar com serviços de rastreamento e monitoramento.

3. Esteja com a documentação regularizada

Para irmãos de estrada, muitas vezes as viagens podem durar dias ou até meses. Por isso, é indispensável estar com todos os documentos em situação regular. Isso vale tanto para os pessoais quanto para os papéis referentes ao veículo.

Ao longo da viagem, pode haver BLITZ ou até mesmo necessidade de apresentar os documentos em outras situações. Portanto, é imprescindível estar com tudo certo para viajar com segurança. Confira se não está esquecendo qualquer documento antes de sair!

4. Cuide do seu corpo

Já falamos do caminhão, da rota e dos documentos, pois todos são fundamentais para uma boa viagem. Porém, ainda falta um agente importante neste artigo: o caminhoneiro. Você que está lendo precisa estar bem para viajar, ou então a viagem não acontecerá.

Por isso, cuide do seu corpo. Isso envolve várias questões, tais como:

  • se alimentar corretamente durante o trajeto;
  • fazer os períodos de descanso obrigatórios por lei;
  • não utilizar drogas ou ingerir bebida alcoólica;
  • não utilizar medicamentos que prejudiquem o desempenho ao volante;
  • manter-se atento.

5. Respeite a legislação

Muitos do eventos que acontecem nas estradas brasileiras são causados por desrespeito às leis de trânsito. Ou seja, sempre é preciso reforçar que as normas existem para garantir a segurança e o bem-estar de todos.

Assim, uma dica bastante óbvia, mas infelizmente necessária é: fique atento a legislação. Isso envolve sinalização, regras para ultrapassagens, velocidade de direção, volume de carga, entre outros aspectos conhecidos pelas pessoas com CNH.

6. Conte com uma boa proteção veicular

Como vimos por meio dos dados, acidentes acontecem. E sim, a melhor forma sempre será a prevenção. Mesmo assim, é preciso contar com formas de auxílio caso algo aconteça, pois o desamparo pode piorar algumas situações.

Sendo assim, busque uma associação de proteção veicular que tenha coberturas para a sua rotina, como por exemplo, em caso de colisões, furtos e outros sinistros. Afinal de contas, todo cuidado é pouco, concorda?

Conclusão

As estatísticas mostram uma realidade que pode ser alterada por nós mesmos que estamos na estradas. E, ao contrário do que muitos pensam, se proteger é muito fácil. Colocando em prática as dicas acima, você já estará fazendo um enorme bem para a sociedade.Aproveitando que já falamos sobre dicas para viajar com segurança, que tal conhecer mais algumas dicas essenciais para todo caminhoneiro? Clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *