Cuidados ao dirigir com chuva

Dirigir com chuva, hora ou outra, é uma situação pela qual os caminhoneiros passam. Quando o céu escurece, o que você logo pensa? Para muitos, a chuva é sempre um sinal de alívio, ainda mais para aqueles que moram ou rodam constantemente por regiões quentes e secas. Já para aqueles que moram em regiões com clima mais ameno, a chuva é apenas mais uma condição climática.

Uma coisa é certa: a chuva pode ser boa para as plantações e agricultura como toda, mas para aqueles que estão na estrada, é mais um fator de perigo. Não bastassem as condições das nossas estradas, a chuva pode atrapalhar e muito a viagem de quem precisa atravessar o país dentro da boleia.

Não importa se a chuva é passageira ou se é aquele “pé d’água”, “toró” ou qualquer outro termo para chuva forte, molhou a rodovia, é bom redobrar a atenção! Então, se ligue nas dicas da AVEP Brasil para que você tome as melhores atitudes durante a chuva, principalmente nos períodos em que elas são mais frequentes.

Vamos lá?

10 dicas para dirigir com chuva

Mãos no volante

Essa dica é válida para sempre, convenhamos. Mantenha a sua atenção somente à pista. Com chuva, você deve redobrar a atenção e manter-se 100% no controle do veículo. Portanto, não se distraia e faça uma direção responsável, mantendo sempre as duas mãos ao volante.

Mantenha a distância de segurança

O manual do bom motorista sugere manter sempre uma distância de segurança do veículo que trafega à frente. Com a chuva, a pista fica mais escorregadia, o que aumenta o tempo de frenagem. Então, aumente um pouco essa distância e garanta que você tenha tempo suficiente de desviar de um acidente ou alguma coisa na pista.

Deste modo, caso algo aconteça, mesmo que não seja por sua causa, você estará mais apto a agir, além de proteger os demais irmãos de estradas. Por isso, todo cuidado é pouco!

Fique atento aos limpadores do para-brisa

Um dos principais desafios de dirigir com chuva é a visibilidade, que pode ser bastante prejudicada. Porém, os veículos já possuem uma forma de lidar com isso, por meio dos limpadores do para-brisa.

Antes de pegar a estrada, é indispensável checar se eles estão em boas condições. Por exemplo, testá-los para garantir que a borracha não esteja arranhando e danificando o vidro, ou ainda se algum som incomum está sendo emitido.

Além disso, é essencial ter certeza que o reservatório de água está cheio, caso seja preciso fazer uma limpeza emergencial.

Faróis acesso

Bem, com a nova resolução do governo brasileiro, o uso dos faróis já está sendo obrigatório nas rodovias. Com a chuva, recomenda-se ligá-los para aumentar a visibilidade do próprio motorista. Dependendo da tempestade, fica difícil enxergar qualquer imperfeição na pista, então, ilumine o seu caminho e dirija tranquilamente.

Mantenha os pneus em dia

A conservação dos pneus é vital para a sua segurança, independente das condições do clima. Um pneu careca implica em menor eficiência na frenagem, adicione a isso uma pista molhada, com óleo e água escorrendo, a chance de ocorrer algum evento é enorme. Por isso, revisar o veículo e seus pneus antes de viajar é essencial.

Cuidado com a aquaplanagem

Com certeza você já ouviu falar sobre isso. Quando chove, forma-se uma camada de água muito espessa na pista. É nesse momento que muitos “perdem” o controle do veículo. Em situação de aquaplanagem, o pneu ‘perde’ contato com o asfalto e passa a deslizar sobre essa camada de água. 

Uma dica para saber se o caminhão está deslizando, ou “hidroplanando”, é olhar pelo retrovisor e verificar se há um rastro de água saindo dos pneus. Caso não esteja saindo, reduza a velocidade, pois o caminhão está em aquaplanagem.

O recomendado para esses momentos é diminuir a velocidade e, conforme a primeira dica, manter-se com as mãos no volante para manter a direção do caminhão.

Efeito L

Um dos maiores riscos para os caminhoneiros, na chuva, é o chamado efeito “L”. Um dos principais fatores de acidente graves nas rodovias.

O efeito “L” é quando o motorista perde o controle do trem de força e a parte traseira se projeta para frente, ficando em formato de L. Para evitar esse acidente, mantenha a velocidade constante e baixa, além de evitar freadas bruscas.

Evite locais alagados

Conhecer as rotas colabora bastante para os períodos de chuva. Isso porque você poderá evitar locais que constantemente alagam. De toda forma, a principal dica é: se perceber que o lugar está alagado ou inundado, não prossiga por este caminho. Se não for possível mudar a rota, apenas pare e espere passar em segurança.

Não realize ultrapassagens

As ultrapassagens, em dias comuns, já podem trazer muitos danos, como por exemplo, tombamentos. Em dias de chuva, a situação é ainda pior. Portanto, não realize ultrapassagens ao dirigir com chuva, afinal, você pode colocar em risco todos que estão na estrada.

Tenha calma e atenção sempre

Manter a calma e a atenção é a principal forma de evitar tragédias em períodos chuvosos. Parece simples ou óbvio, mas respire fundo e realize sua viagem com o máximo de concentração e serenidade possível.

As últimas dicas são: durante a chuva, mantenha um pouco a janela aberta ou o ar-condicionado ligado, para não embaçar os vidros. Por último, se a chuva estiver muito forte, opte por parar o caminhão em um lugar seguro, até que a chuva passe.

Dirigir com chuva é possível

Sim, dirigir com chuva é possível. Porém, requer ainda mais responsabilidade e seriedade. Sabemos que a vida de caminhoneiros é difícil e os dias na estrada cansativos, mesmo assim, prezar pela segurança deve ser prioridade.

Com essas dicas, temos certeza que você terá uma viagem mais segura. Além disso, garante a proteção de outras pessoas que trafegam com você e também desejam chegar ao destino final.

Fique tranquilo: aqui tem AVEP! Quer receber mais dicas como essa? Então siga agora o perfil da AVEP no Instagram e fique por dentro de tudo que envolve a vida nas estradas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *