A pandemia causada pelo novo coronavírus, que provoca a infecção respiratória Covid-19, está afetando toda a sociedade. E, sem dúvidas, isso envolve os caminhoneiros que transportam todas as cargas pelas rodovias brasileiras. Pensando nesta situação, a AVEP reúne nesta postagem as últimas notícias dos caminhoneiros em relação à pandemia para atualizar os irmãos de estrada.

Vale destacar que os caminhoneiros são uma categoria essencial para o momento de crise pelo qual passamos. Enquanto muitos podem e devem ficar em casa, esses profissionais precisam rodar pelo país para entregar os insumos essenciais e colaborar com a economia.

Vamos nos informar sobre o que tem acontecido nas últimas semanas?

Últimas notícias dos caminhoneiros: rodovias

No início da implementação das medidas de distanciamento social, entre março e o início de abril, com a permissão de funcionamento apenas para atividades essenciais, tais como supermercados e farmácias, muitos motoristas de caminhão enfrentaram desafios nas estradas.

Isso porque, ao rodar longas distâncias, não encontravam locais abertos para se alimentar, por exemplo. Além da falta de pontos de paradas, para necessidades como por exemplo borracharia.

Diante da situação, houve até mesmo colaboração de voluntários nas estradas brasileiras para entrega de marmitas e itens de proteção, como máscara e álcool gel. No momento, após um decreto publicado pelo Governo Federal, foram estendidas as atividades essenciais a fim de amparar os caminhoneiros. 

A norma possibilita a abertura de atividades de comércio de bens e serviços, incluindo alimentação, repouso, limpeza e higiene. Além de comercialização, manutenção e assistência técnica automotivas, de conveniência e congêneres. O objetivo é garantir o transporte e as atividades logísticas de todos os tipos de carga e de pessoas em rodovias e estradas.

Outra medida entre as últimas notícias dos caminhoneiros para auxiliar a categoria estão no aplicativo InfraBR. Por meio dele, os profissionais de transporte de carga possuem acesso a uma série de informações. Entre elas: 

  • funcionamento de serviços essenciais na estrada;
  • postos de atendimento para distribuição de kits de higiene e de alimentação;
  • questionário para preenchimento de dados sobre condições de saúde e da carga, com objetivo de colaborar com o Ministério da Infraestrutura em ações emergenciais.

Últimas notícias dos caminhoneiros: legislação

Neste momento, alguns pontos da legislação também estão sendo revisitados para colaborar com a atuação dos caminhoneiros na estrada, sem prejuízo aos profissionais. As ações foram tomadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

As principais medidas, visto que muitos órgãos estão fechados ou em regime de home office (trabalhando em casa), foram as suspensões de prazos para procedimentos, tais como: prazos para entrada de recursos de multas e renovação da CNH. Neste último caso, as carteiras de motoristas vencidas desde 19 de fevereiro de 2020 ficam válidas por tempo indeterminado. 

Últimas notícias dos caminhoneiros: economia

É claro que, ao falarmos de transporte de cargas, estamos falando de economia. Afinal, mesmo com o fechamento temporário de inúmeros comércios físicos, há outros fatores envolvidos que necessitam da entrega de mercadorias.

E quais são as últimas notícias dos caminhoneiros referentes a este segmento? Como foi considerada uma atividade essencial durante a pandemia, o transporte de cargas continua funcionando.

Deste modo, apesar da diminuição de produção em alguns setores, é importante ressaltar que grande parte da economia em funcionamento se deve ao trabalho dos caminhoneiros. Em alguns casos, de acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria, algumas fábricas e indústrias responderam que foram pouco ou não foram afetadas pela crise do coronavírus, enquanto outras destacam terem sido afetadas positivamente, por exemplo, no caso de bens essenciais.

Deste modo, é preciso continuar acompanhando o cenário econômico do país, mas sem desespero. Mesmo com menos pessoas nas ruas, a presença dos caminhões nas rodovias apontam que ainda há uma boa manutenção nos segmentos econômicos e de transporte. E, claro, quando tudo isso acabar, eles serão ainda mais incentivados.

Impacto na pandemia para caminhoneiros

Com base nas últimas notícias dos caminhoneiros, fica claro que a pandemia causada pelo novo coronavírus está afetando diretamente a rotina nas estradas, não é mesmo? Por isso, uma série de medidas estão sendo tomadas a fim de garantir a segurança e a saúde de todos.

Como foi possível observar, as ações têm partido tanto da sociedade, como de governos e empresas. Além disso, é necessário que o próprio caminhoneiro se cuide ao longo das viagens.

Algumas dicas são:

  • lavar as mãos frequentemente com água e sabão;
  • portar álcool gel 70% para desinfetar as mãos e objetos, tais como celular;
  • e usar máscaras de proteção em estabelecimentos comerciais.

Para além do aspecto da saúde, a economia também interfere na vida dos caminhoneiros que rodam pelas estradas brasileiras. A função destes motoristas continuam garantida, além de serem essenciais para a sociedade. Deste modo, é um setor que não irá parar, pois a produção de bens também continua.

A rotina de toda a sociedade mudou, incluindo a dos caminhoneiros, e é preciso se informar até que tudo volte ao normal. Se você quer ter acesso a mais conteúdos como este e outros assuntos relacionados à vida nas estradas, acompanhe o blog da AVEP!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *