Sabemos que se você anda com seu caminhão depois de ter bebido seis copos de cerveja ou três de vinho, vai ter grandes chances de se envolver em um acidente, podendo causar uma tragédia para a sua família ou a de outra pessoa. Dirigir com sono pode causar o mesmo problema, já que essa prática pode afetar, e muito, a atenção do motorista.

Para não cometer esse grande erro, cada vez mais comum nas estradas e que pode ser fatal, saiba agora como evitar dormir ao volante.

Programe as paradas

Viagens longas e com tempo para a entrega de mercadorias fazem parte da carreira do caminhoneiro. Mas quem decide tocar direto, sem fazer nenhuma parada, está cometendo um equívoco enorme. A Associação de Medicina do Tráfego (Abramet) estudou os motoristas que arriscam a própria vida e a de outras pessoas ao não descansar.

Quem dirige 19 horas sem dormir diminui a capacidade de reflexo e reação. Foi a Abramet também que chegou à conclusão que quem está com sono e persiste na direção vai dirigir como se tivesse bebido seis copos de cerveja.

É por isso que a viagem deve ter planejamento. E se há cobrança sobre o tempo de entrega, isso deve ser observado dentro do cronograma para que haja respeito com a parada do motorista. Paradas rápidas ajudam também a manter uma melhor circulação no corpo. Nesses intervalos, faça alongamentos e beba água. Para quem tem nove horas de trajeto, separe uns minutos de cochilo após quatro horas de estrada.

Apesar da pressa, o mais importante é ver o condutor e a mercadoria chegarem bem.

Durma bem na noite anterior

A mesma pesquisa da Abramet, que identificou o fato de que quem dirige muito tempo sem dormir parece que está embriagado ao volante, também encontrou uma informação. Se você dormir menos de sete horas no dia anterior a sua viagem, o risco de sofrer acidente chega a dobrar.

O motivo dessa situação é que o cansaço do motorista não o deixa alerta para medir a força correta para pisar nos pedais. A sonolência é um grande perigo. Nesses momentos, o caminhoneiro pode acelerar demais o veículo, não controlar a força no freio e ter dificuldade para manter a direção em linha reta.

Quem tem leito na cabine, procure tornar esse espaço confortável. Isso se faz com um travesseiro bom, roupa de cama limpa, coberta. Caso vá pernoitar no veículo, procure um local de pouco barulho, seguro (postos de combustíveis com estrutura, proximidade de bases da polícia, etc.) e deixe a cabine escura para garantir um sono agradável.

Dê tempo para o corpo

Para quem precisa partir antes de o sol nascer, é bom acordar com um intervalo de uma hora antes da saída. Deixe o corpo despertar por completo e, se possível, tome um banho. Tenha um café da manhã leve e mantenha água de fácil acesso para beber logo nas primeiras horas do dia.

Quando o frete começa no início da noite, o melhor é ter dormido, pelo menos, cinco horas antes da viagem. Mantenha a programação de paradas para cada duas horas. Se o caminhão precisa de manutenção, você também! Nesse intervalo, faça alongamentos para garantir uma melhor circulação do sangue no corpo.

Não tente lutar contra o sono

Não adianta esperar que chiclete, cigarro, som alto, tecnologias na cabine e bebidas energéticas façam com que você não durma. Quando o sono chega de verdade, não adianta mascarar a situação. As funções do corpo automaticamente vão diminuindo e é muito difícil vencer a luta contra o sono.

Não contribua com a estatística da Academia Brasileira de Neurologia (ABN), que mostra que 20% de todos os acidentes de trânsito acontecem por conta de sonolência do motorista.

Dirigir com sono é um risco que deve ser evitado pelo caminhoneiro. Além disso, uma boa qualidade do sono é essencial para não prejudicar sua saúde. Siga nossas dicas, fique firme na estrada e faça paradas para descanso. Elas serão benéficas para você e para sua segurança.

Gostou do nosso artigo? Assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *