Se já faz algum tempo que você é proprietário de um veículo, sabe que todo ano é necessário pagar o IPVA. A pergunta, no entanto, é como pagar o IPVA? Para que você não fique perdido, fizemos um passo a passo.

Quer conferir? Então leia o artigo até o final!

O que é o IPVA?

Apesar da sigla ser muito falada e todo início de ano estar presente nos jornais, nem todo mundo sabe o que é o IPVA. Então, para esclarecer, IPVA significa Imposto sobre a Propriedade de  Veículos Automotores.

Ou seja, se você tem um caminhão, é necessário quitar o imposto para manter a situação do veículo regular. Sendo assim, o pagamento é obrigatório, mas o valor varia de acordo com a idade do veículo e o com o estado (Unidade Federativa) do proprietário.

Vale lembrar que o IPVA é um imposto estadual, portanto só é instituído por estados. Por esse motivo, a consulta de como pagar IPVA é feita em sites e endereços estaduais.

Afinal, como pagar o IPVA?

A cada ano, são divulgados pelos governos o calendário de pagamento e as instruções para pagar. Em 2020, as datas foram divulgadas em janeiro. O vencimento varia de acordo com o final da placa do veículo e o estado.

Em geral, é possível quitar a dívida em até três vezes ou numa parcela única com desconto. Além disso, outros descontos podem ser fornecidos pelos governos estaduais.

Algumas condições podem isentar proprietários de pagar o imposto, são elas:

  • ser pessoa com deficiência física,
  • ser taxista;
  • o veículo ter sido roubado, furtado ou o proprietário ser vítima de estelionato;
  • o veículo ter mais de 15 ou 20 anos, dependendo do estado;
  • outras condições específicas que anularam o imposto.

Passo a passo

  1. Em primeiro lugar, acesse o site da Secretaria da Fazenda do seu estado e confira o calendário divulgado pelo órgão. Assim, será possível consultar as datas de vencimento de cada parcela, de acordo com o número final da placa do caminhão.
  2. Em seguida, continue no site da Secretaria da Fazenda do seu estado para consultar o IPVA. É necessário ter em mãos o número do RENAVAM, o Registro Nacional de Veículos Automotores. Além do número, é preciso selecionar o ano de exercício a ser pago.
  3. Deve ser feito o download das guias de arrecadação emitidas pela internet. É necessário escolher se o pagamento será feito de uma única vez ou parcelado em até três vezes. Em 2020, a última parcela pode ser paga até março.
  4. Para realizar o pagamento, o contribuinte deve comparecer com o boleto bancário em guichês de caixa ou autoatendimento com o número do RENAVAM. É recomendado verificar quais as redes credenciadas, por exemplo, Caixa Econômica, bancos, casas lotéricas e outros.
  5. Além destas orientações, é indicado ao proprietário avaliar as condições de pagamento do seu estado. Se há algum tipo de desconto, por exemplo.

Como pagar IPVA atrasado?

Infelizmente, não conseguir pagar o IPVA é uma situação comum para muitos brasileiros — e os motivos são diversos. No entanto, isso gera implicações na vida do motorista, sendo necessário resolver logo o problema.

Com o IPVA atrasado, pode ser que o proprietário não consiga emitir o Licenciamento Anual para conduzir o automóvel. Além disso, caso seja parado em uma blitz sem o imposto regularizado, será atribuída uma multa ao motorista e haverá perda de pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Então, como resolver a situação? Se o pagamento não for realizado dentro do prazo, os governos estaduais definirão uma nova data para quitar o imposto. Caso a quitação não aconteça, será enviado um comunicado por meio dos Correios com uma nova data.

No entanto, se mesmo dentro destas possibilidades, o contribuinte não conseguir arcar com o pagamento, seu nome pode ser inscrito no SPC ou Serasa.

É possível acessar o débito também pela internet, no site da Secretaria Estadual da Fazenda, ou comparecendo ao órgão pessoalmente. Além disso, existem alternativas para renegociar a dívida junto ao órgão.

Conclusão

A resposta para como pagar IPVA do seu caminhão é mais simples do que parece, concorda? Com o nosso passo a passo, você fica em dia com suas obrigações, evita dores de cabeça e pode circular tranquilamente.

Caso não tenha sido possível, por algum motivo, quitar o IPVA de anos anteriores, compareça à Secretaria da Fazenda para encontrar a melhor solução. Assim, a sua vida pessoal e a sua profissão não ficarão prejudicadas.Você aprendeu como pagar IPVA? Então, siga o Instagram da AVEP para ter ainda mais dicas na palma da mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *