Há quem não consiga conciliar prazer com trabalho. Há também aqueles que amavam a profissão, mas perderam o prazer de trabalhar por conta da rotina. Mas, com os caminhoneiros, parece que a história é diferente.

Apesar das condições — quase sempre desfavoráveis — das rodovias brasileiras, a profissão de caminhoneiro mexe com o imaginário de todo o Brasil. Até série televisiva fez sucesso: quem não se lembra de Pedro e Bino? A paixão tornou-se esporte e, diga-se de passagem, alinhou-se ao fascínio do brasileiro por velocidade. A Fórmula Truck ainda atrai muita gente e tem seu espaço cativo nos canais e programas esportivos.

No entanto, trabalhar com aquilo que amamos não é tão simples. De forma autônoma então, é ainda mais complicado. Para lhe mostrar uma alternativa às complicações, a AVEP trouxe, neste artigo, algumas dicas para você que deseja ser caminhoneiro autônomo.  Vem com a gente!

Tenha uma CNH profissional

A primeira dica pode parecer óbvia, mas é uma das mais importantes! Para dirigir qualquer veículo é preciso ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O Departamento Nacional de Trânsito (Detran) divide os tipos de habilitação de acordo com o tipo de veículo pilotado. De acordo com o órgão, as categorias disponíveis são as seguintes:

  • Categoria C: vans de até oito lugares, caminhonetes, pick ups, caminhões;
  • Categoria D: ônibus, micro-ônibus, tratores;
  • Categoria E: trailers, carretas e veículos articulados.

Caso você já seja habilitado e sua CNH esteja em situação regular, basta solicitar o processo de mudança de categoria junto ao Detran regional.

Organize-se financeiramente

Lápis e papel na mão! Você está prestes a dar um passo importante em sua vida e, por isso, precisa ficar atento aos detalhes. Nesta etapa, qualquer descuido pode transformar sonhos em pesadelos.

Foque no planejamento

Vai trocar o caminhão ou comprar um novo? Tenha certeza de que você está com as contas em dia para não se afundar em dívidas. Planeje-se para que não dependa exclusivamente de serviços de fretes, por exemplo.

O ideal é que, antes de começar os investimentos, todos os gastos básicos envolvidos na profissão de caminhoneiro autônomo sejam planilhados. Determine o que é despesa fixa, quais aplicações terão de ser feitas e projete também uma pequena margem de segurança para que nenhum imprevisto atrapalhe seu plano.

Financiando seu veículo

Vai financiar? Pesquise bem as taxas de juros e valores de parcela. Não cometa uma loucura pela qual não poderá pagar com o seu trabalho.

Lembre-se de levar em conta três pontos importantes na hora de investir na compra de seu caminhão:

  1. O valor financiado (abrange o custo total ou parcial do veículo? Será preciso dar uma entrada?);
  2. O valor cobrado em cima de seu financiamento (sim, é possível estudar e conseguir taxas de juros menos assustadoras);
  3.  A forma de pagamento (muitas vezes, os prazos para quitação das parcelas do financiamento permitem uma organização financeira maior).

Informe-se sobre o mercado de caminhoneiros autônomos

Não vá por aí como cego em tiroteio. Pesquise antes sobre o mercado no qual você está entrando. Entenda os riscos, avalie possibilidades e gastos.

Procure sindicatos e organizações que possam lhe orientar para que trabalhe de forma regular e entenda quais são seus direitos e deveres como autônomo.

Formalize seu Registro Nacional de Transporte Rodoviário de Carga.

Por meio do Registro Nacional de Transporte Rodoviário de Carga (RNTRC), os caminhoneiros buscaram a formalidade da profissão.

Formalizar o profissional trouxe benefícios como a regularização do exercício da atividade por meio da habilitação formal, o disciplinamento do mercado, a identificação de parâmetros de participação no mercado, o conhecimento do grau de competitividade e a inibição da atuação de atravessadores não qualificados.

Crie uma boa rede de contatos

Lembre-se de todos os profissionais que lhe ajudaram a chegar até esse ponto. Essas pessoas podem se tornar importantes aliadas na hora de conseguir as primeiras indicações de serviços e de manter seu processo de trabalho sempre ativo.

Contar com o apoio de um amigo para fazer indicações ou de um contador para ajudar com questões financeiras será útil em qualquer momento!

Estruture seus horários

Ser dono do próprio negócio oferece algumas grandes vantagens, como a de fazer seu próprio horário de trabalho. Mas aí mora uma grande questão: cabe a você descobrir a forma ideal de trabalhar.

Ser o dono do seu próprio tempo pode acabar levando a dois extremos: o primeiro, de acabar se acomodando e trabalhando menos do que o necessário; e o segundo, de acabar se tornando um escravo do trabalho, perdendo a qualidade de vida e as chances de passar horas importantes na companhia de quem você ama.

Trabalhe para encontrar o equilíbrio entre os dois extremos: não perca a mão nas horas dedicadas ao trabalho, mas aproveite sua liberdade para torná-las tão produtivas quanto for possível!

Aproveite o que a tecnologia oferece a seu favor

Agora, você e seu caminhão possuem uma nova companhia para viagens: a tecnologia! Com a evolução digital, muitas facilidades foram incorporadas à vida de praticamente todos os trabalhadores e para os caminhoneiros autônomos isso não foi diferente.

Hoje em dia é possível utilizar aplicativos para fechar serviços — como os aplicativos de frete, nos quais as empresas anunciam a carga que precisam transportar e o motorista se candidata para fazer o trabalho — de cálculo. Isso mesmo! Alguns aplicativos ajudam a avaliar se o valor oferecido pelas empresas no serviço de frete é justo e se paga os gastos com o transporte.

Outros programas que apoiam a rotina do caminhoneiro autônomo são os de rotas e mapas, controle de combustível, previsão do tempo etc.

Atualize-se sempre

Por mais que a estrada tome seu tempo, dedique-se às atividades fora da boleia. Procure ler a respeito do mercado, participar de eventos e feiras do setor. Hoje, muito mais que dirigir, o caminhoneiro autônomo tem que ser um profissional completo.

Cursos rápidos, informações para toda a vida

Como caminhoneiro autônomo, você vai encontrar muitos concorrentes pelo caminho. Por isso, é importante encontrar uma forma de se diferenciar.

Já pensou em investir em cursos de atualização e aperfeiçoamento profissional? Direção defensiva, Mecânica, Segurança, Transporte de cargas específicas, Marketing Pessoal, Finanças… viu só como o leque de opções é grande?

Cuidando de sua imagem profissional e tratando seu veículo como um parceiro de trabalho, as chances de se tornar referência no seu segmento ficam ainda maiores!

Projeto seu futuro

Com gastos e planejamento financeiro na ponta do lápis e na tela do celular, você já pode começar a pensar no futuro.

Como você imagina sua aposentadoria? O que é preciso fazer para transformar esse sonho em realidade?

Ative novamente a planilha e faça projeções para o futuro. Quanto é preciso poupar, no que é preciso investir?

Ser um caminhoneiro autônomo exige preparação e muito estudo, mas também traz grande retorno em forma de liberdade e qualidade de vida a quem sabe conduzir a rotina com responsabilidade.

Agora que você já sabe como se tornar um caminheiro autônomo, que tal dividir com a gente um pouco de sua história aqui nos comentários?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *