Peças originais ou peças paralelas: você sabe o que é melhor?

Peças originais ou peças paralelas: você sabe o que é melhor?

Todo caminhoneiro ou gestor de frotas já passou pela situação de ter que escolher entre peças originais ou peças paralelas. Geralmente, o que define a escolha é o preço mais atraente de uma sobre a outra, mas a história vai muito além disso e o barato pode sair bem caro.

manutenção de um caminhão não é nada barata. Desde as manutenções preventivas até à necessidade de reposição de peças, tentar trazer mais economia para essas situações é essencial para muita gente e isso acaba trazendo o velho dilema das peças originais e paralelas à tona.

Se você ainda tem dúvidas sobre qual é a melhor opção, este post é para você! Nele, nós mostraremos quais as diferenças entre os dois tipos de peça e como escolher a que mais proporcionará benefícios. Confira!

Quais são as diferenças entre peças originais e paralelas?

Peças originais são aquelas fornecidas pelo próprio fabricante do caminhão. Elas podem ser produzidas nas fábricas da marca ou também podem ser fabricadas por seus parceiros de produção — as empresas terceirizadas que são fornecedores auditados e homologados pela marca.

Já as peças paralelas são fabricadas por outras empresas e, ao contrário das originais, não passam por nenhum processo de homologação e certificação efetuado pelo fabricante do caminhão. Isso significa que a marca não garante a qualidade do produto e, em muitos casos, o uso de peças paralelas pode levar até à perda da garantia do caminhão.

Peças originais ou peças paralelas: qual devo comprar?

O fator que mais gera dúvida na hora de escolher entre as peças, sem dúvidas, é o preço. O mercado de peças paralelas tem preços muito menores do que os praticados para peças originais e isso acaba chamando a atenção do consumidor.

Porém, como veremos nos pontos abaixo, essa economia inicial pode significar gasto dobrado com o tempo e acarretar ainda mais prejuízos. Por isso, confira as maiores diferenças entre elas antes de tomar a sua decisão.

1. Certificação

As peças originais, ao contrário das paralelas, passam por inúmeros testes e certificações antes de chegarem ao mercado. Isso significa que elas terão sempre o encaixe perfeito e não irão prejudicar outros componentes do caminhão.

Alguma especificações, inclusive, são de conhecimento apenas do fabricante do caminhão e por isso, por mais que as peças paralelas cumpram a função por um tempo, nunca terão a mesma eficiência das originais.

2. Durabilidade

Peças paralelas costumam durar até quatro vezes menos do que as peças originais. Por isso, elas conseguem ter um preço tão competitivo frente às peças fornecidas diretamente pelo fabricante.

Portanto, na hora de escolher, faça sempre esse cálculo básico para saber se a diferença realmente compensa ou se você tomará prejuízo no futuro e terá que trocar a mesma peça várias vezes. Prefira sempre as peças originais para aumentar a vida útil do caminhão.

3. Garantia

Outra vantagem das peças originais sobre as paralelas é a garantia. Todas as peças originais têm garantia do fabricante, o que não acontece no mercado de peças paralelas — salvo algumas empresas com certo renome, mas que ainda assim oferecem uma garantia menor.

Além disso, as peças originais podem ser trocadas sem que haja risco da perda de garantia do caminhão. Ou seja, se acontecer algum problema que a garantia do caminhão cubra, mas que seja detectada em uma peça não original, o risco de perder totalmente o benefício é bastante grande.

Agora que você já sabe a diferença entre as peças originais ou peças paralelas e qual escolher, que tal conhecer também os acessórios para caminhões que são permitidos por lei?

Deixe um comentário