Os freios são peças fundamentais na segurança de um automóvel. Afinal, a sua principal função é parar os veículos em momentos de emergência. Para quem quer dirigir bem e transportar com cuidado, toda atenção é pouca neste sistema do caminhão. Existem diversos tipos de freios de caminhão existentes, isso porque cada caminhão tem um modelo e desempenha uma atividade específica.

Sendo assim, é preciso conhecer cada um dos tipos e entender qual funciona melhor para o seu instrumento de trabalho que é tão importante. Então, pode tirar o pé do freio que a gente te guia por esta leitura!

Freio ABS

Provavelmente o mais conhecido de todos, a sigla do freio ABS significa Antilock Braking System, que informalmente é tratado como freio ABS ou travão ABS. Tamanho reconhecimento vem do fato dele ser obrigatório em todos os veículos produzidos no Brasil desde 2014, por causa de uma lei do mesmo ano.

Com um sistema pneumático, ele funciona por meio do acionamento da válvula do pedal, que libera ar no sistema de freios. O ar liberado se desloca até as rodas e impede uma parada brusca. Isso evita, por exemplo, uma derrapagem.

Freio EBS

A sigla te lembrou o exemplo acima? É que o freio EBS é praticamente uma versão do freio ABS, só que bem melhor. A sigla significa Eletronic Brake System. Ao contrário do ABS que funciona pela liberação do ar, o EBS é acionado eletronicamente. Exatamente por isso, ele proporciona uma frenagem mais rápida.

Freio a disco

O freio a disco é considerado uma grande mudanças nos sistemas de frenagem, patenteada no início do século XX. Ele trouxe mais segurança aos motoristas para conduzirem seus veículos.

Por meio do acionamento dos freios, o disco recebe uma pressão e fica comprimido entre as pastilhas, causando a parada. Os discos de freio estão localizados nas rodas dos caminhões. Em comparação com o freio ABS, ele proporciona uma parada mais brusca e com mais riscos.

Freio motor

Este freio é o utilizado na maioria dos carros. E também serve para transportes de carga. Ao diminuir a velocidade da marcha, ele é acionado. Seu funcionamento se dá por meio de uma válvula de escape. O resultado é a diminuição da velocidade do caminhão.

Freio a ar

Os freios a ar são conhecidos, principalmente, por sua utilização nos trens. O sistema funciona por meio de um cilindro de freio instalado nos caminhões e a atividade do freio está ligada a mudança da pressão do ar dentro dele.

Freio auxiliar

Os freios auxiliares funcionam como um complemento para o sistema de frenagem. Principalmente, para veículos de transporte rodoviário, como caminhões e carretas. Por isso, ele é mais comum em caminhões que ultrapassam o peso de 157 toneladas. Ele age na interrupção da passagem de óleo nas engrenagens de câmbio.

Entender sobre cada tipo de freio é muito importante para o motorista, mas isso não o dispensa de ter cuidados com o veículo, em especial com o sistema de frenagem. Mantenha as revisões em dia. Observe ruídos no caminhão. Fique atento ao desgaste das pastilhas.Quer ter acesso a mais conteúdos explicativos como esse? Acesse o nosso blog e fique por dentro deste universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *