Muito populares e cada vez mais necessários nos dias de hoje, os sistemas de rastreamento para caminhoneiros podem deixar muito gente desconfiada ou confusa.

Apesar disso, essa tecnologia vem se revelando como um item indispensável nos caminhões que cruzam as cidades do Brasil e do mundo. 

Mas, afinal, o que são esses sistemas e como eles funcionam? Nesse post explicamos tudo, acompanhe!

Sistemas de rastreamento para caminhoneiros: afinal, o que são?

Esses sistemas, apesar de apresentarem diversas opções e maneiras de funcionamento, basicamente servem para rastrear tanto o caminhão quanto a carga transportada por ele. Com isso, é possível conseguir uma série de benefícios:

  • segurança: caso o caminhão saia da rota prevista, a central é imediatamente avisada e, caso a situação seja suspeita, as autoridades podem ser acionadas rapidamente;
  • praticidade: com o monitoramento, em caso de quebra ou emergência, o socorro pode ser despachado muito mais rápido;
  • logística: com os sistemas de rastreamento para caminhoneiros, é possível oferecer ao cliente o status da entrega hora-a-hora.

A maioria das empresas transportadoras já contam com serviço, mas, se você ainda não o conhece, pode saber mais aqui.

Como funcionam os sistemas de rastreamento para caminhões?

Os sistemas atuais, basicamente, trabalham com o posicionamento obtido através do Sistema de Posicionamento Global, mais conhecido como GPS.

O funcionamento desses aparelhos não é muito diferente dos encontrados nos celulares: eles enviam centenas de sinais a cada segundo para diversos satélites na órbita da terra. A partir daí, uma série de cálculos matemáticos é capaz de revelar as coordenadas geográficas.

O aparelho geralmente fica na boleia, mas pode ser instalado em lugares diferentes em alguns casos, caso o proprietário do caminhão acredite que seja mais seguro deixar esses sistemas de rastreamento para caminhoneiros fora das vistas.

Mas como a central fica sabendo onde o caminhão está, em tempo real? Bom, é aí que começam as principais diferenças entre os sistemas de rastreamento de caminhão. Cada um utiliza uma tecnologia diferente para fazer a comunicação com a central:

  • satélite: essa é a tecnologia mais abrangente e rápida. Além dos satélites fornecerem as coordenados do caminhão, eles também são capazes de transmitir esses dados para as centrais de forma extremamente eficaz (caso sejam preparados para isso).
  • rádio: essa tecnologia costuma ser fácil de ser operacionalizada, mas tem uma abrangência muito mais restrita e vai depender da cobertura dessa tecnologia na região.
  • celular: isso mesmo, os celulares podem ser utilizados para transmitirem os dados de localização do caminhão. Além de contarem com uma abrangência muito ampla, a vantagem dessa tecnologia é a facilidade de instalação e o preço reduzido. Atualmente, é a mais utilizada pelos sistemas de rastreamento para caminhoneiros.

Qual dos sistemas de rastreamento de carga vale mais a pena?

Essa é uma pergunta delicada e vai depender mais da sua necessidade. Cada tecnologia oferece alguma vantagem, como a possibilidade de integração com sistemas de logística e rastreamento de mercadorias. Vai depender da necessidade do seu negócio.

Porém, é seguro dizer que os sistemas de rastreamento via satélite são os mais bem preparados para qualquer situação. Sua cobertura é muito grande e as chances de perder o sinal são nulas.

Quais são as semelhanças entre rastreamento e telemetria?

Em termos básicos, podemos dizer o rastreamento tem a função de localizar um veículo. Ele se torna mais necessário quando há uma prevenção para os casos de furto e roubo, além do controle e gestão particular dos motoristas.

A telemetria, por sua vez, pode ser definida como uma ferramenta de gestão da dirigibilidade de um certo veículo. Como ela utiliza um conjunto sofisticado de equipamentos, ela acaba incorporando algumas funções já presentes no rastreamento.

Isso ocorre pois os equipamentos utilizados pela telemetria estão interligados ao sistema do veículo em questão, possibilitando dados mais ricos do seu deslocamento e localização. A telemetria também consegue reter outras informações, como a rotação do motor, utilização da embreagem, tempo de frenagem, etc.

Por fim, podemos concluir que a telemetria é mais abrangente que o rastreamento por dar conta de outras funções. Ela possui as funções existentes no monitoramento veicular, expandindo o sua atuação com a possibilidade de controle e interação com o veículo.

Quais são as maiores vantagens do rastreamento?

Ao chegar até aqui você já deve ter percebido que o rastreamento traz diversas vantagens, não é mesmo? Caso tenha ficado questionamentos, detalhamos abaixo alguns dos benefícios do rastreamento veícular. Confira:

Maiores chances da recuperação de um veículo

Quando o carro não está em monitoramento constante e o seu dono passa por um roubo ou furto, as chances de recuperação do veículo são baixas. Por isso, o rastreamento se torna tão útil, pois ele indicará onde seu carro está a qualquer momento.

Assistência a qualquer momento

Quando algo ocorre com o veículo que possui rastreamento veicular, é possível acionar assistência 24 horas da empresa. Elá é útil, principalmente, após a pane seca, elétrica ou mecânica dos caminhões. Para contactar a assistência, basta entrar em contato com a empresa responsável.

Rastreamento online

É possível rastrear o veículo através de equipamentos móveis, como smartphone e tablets. Isso garantirá localização exata e em tempo real após roubo ou furto do veículo.

Possui baixo custo

O rastreamento pode ser pago através de mensalidades que possuem preços acessíveis. Ao incluir esse benefício nas contas do seu veículo, perceberá que o investimento agrega apenas valores positivos.

Agora que você já sabe mais sobre o rastreamento, que tal descobrir quais são os principais problemas que pode passar nas estradas e como resolvê-los? Então baixe nosso e-book gratuito para se informar ainda mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *