A ergonomia ao dirigir é um dos fatores que mais influenciam no desempenho dos motoristas. Quando pensamos nos caminhoneiros então, ela ganha ainda mais importância devido às longas horas que esses profissionais passam atrás do volante.

Nos últimos tempos, muito dinheiro foi investido pelos fabricantes de caminhão para melhorar a ergonomia das cabines de seus veículos. Além de preservar a saúde e reduzir acidentes, ainda garante melhor produtividade, pois o motorista se sente muito menos cansado num ambiente ergonômico e estável.

Quer saber mais sobre a importância da ergonomia para o motorista? Continue lendo e descubra agora!

Como melhorar a ergonomia ao dirigir?

Mesmo com tanto investimento, a implementação de novas tecnologias que melhoram a ergonomia é gradativa. Por isso, quando for comprar ou trocar um caminhão, existem alguns pontos que o motorista deve se atentar para garantir mais conforto e segurança. Veja quais são:

Tamanho da cabine

O tamanho da cabine, por mais que não seja uma opção em alguns casos, é um dos fatores de  influencia considerável na ergonomia e no conforto do motorista.

Por isso, é preciso ficar de olho nas suas necessidades e no modelo de caminhão que utiliza. Cabines muito pequenas limitam a movimentação e o alongamento do motorista e, com isso, o trajeto pode ficar mais cansativo.

Quando o caminhão tem que ser utilizado para pernoitar, a situação fica ainda pior. Por isso, avalie o tamanho da cabine conforme a sua necessidade e os tipos de viagens que costuma fazer. Porém, se for para viagens curtas e ciclos de entregas urbanos, uma cabine menor não trará muitos problemas.

Posição de dirigir

A posição de dirigir também tem grande influência na ergonomia e sinaliza aspectos importantes como a redução dos riscos à saúde e a prevenção de acidentes nas estradas. 

Por isso, os bancos devem ser confortáveis e bem adaptados para não prejudicar a coluna vertebral do condutor. E, a fim de minimizar os riscos de acidentes, devem ser feitos de material de qualidade capaz de “segurar” bem o motorista em curvas muito bruscas.

Os bancos também precisam possuir outros critérios, como ajuste de altura, distância dos pedais, do encosto das costas e cabeça e também do apoio dos braços (quando existir essa opção no veículo).

Quando o motorista estiver sentado, ele precisa ter uma boa visão do para-brisa e também de tudo ao seu redor. E, a fim de diminuir a movimentação do motorista ao volante, o ângulo de visão dos retrovisores precisa ser bem ajustado.

Posicionamento dos instrumentos

A posição dos instrumentos e os controles do caminhão detêm um papel fundamental na ergonomia ao dirigir. Não adianta nada ter uma cabine ampla, com um banco confortável e cheio de ajustes, se o condutor sofre para enxergar a velocidade e para alcançar a manete de câmbio, concorda?

Os instrumentos devem ser de fácil visualização e garantir ao condutor o melhor ângulo de visão. Deve possuir, também, uma exibição de dados clara e de fácil definição.

Controles como a direção exigem ajustes de altura e de distância do motorista. Para que o motorista não precise dar aquela levantadinha nas costa e desviar a atenção ao volante, a manete de câmbio e os manetes de reduzida (quando existirem) devem ser acessadas facilmente.

São  pequenos detalhes que evitam grandes problemas, pois contribuem com a redução dos riscos de acidentes na estrada.

Já os controles eletrônicos como faróis, setas, ajustes dos retrovisores, controles da cabine, por exemplo, devem ser facilmente alcançados com um toque, sem que o motorista precise ficar procurando.

Aposto que você não sabia que a ergonomia ao dirigir era tão importante assim, não é mesmo? Então, para ficar sempre por dentro, assine nossa newsletter e viaje em segurança e cada vez mais informado!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *