A rotina de quem passa a vida nas estradas é sempre cheia de grandes desafios. Quando se trata da segurança do veículo e do caminhoneiro, o assunto é sério e merece cuidado especial.

Nesse post, falaremos um pouco sobre o freio motor, uma ferramenta importante e um grande aliado dos motoristas de caminhão.

Afinal, o que é o freio motor?

O freio motor, em veículos de passeio, é acionado quando se reduz as marchas, especialmente em descidas longas e muito íngremes, de forma a não sobrecarregar o sistema de freios, evitando falhas que podem gerar acidentes.

No caso de caminhões, esse sistema é ainda mais importante, ao considerarmos o peso do próprio veículo e das cargas a serem transportadas.

Diferentemente dos carros de passeio, nesses casos, o veículo de grande porte conta com acionadores do freio motor, que podem ser manuais ou automáticos – tecnologia presente em modelos mais novos.

Como funciona o freio motor?

De forma geral, esse importante sistema conta com uma válvula instalada no escapamento do motor que, quando acionada, trava as saídas de gases, direcionando-os aos cilindros, os quais agem diminuindo a rotação dos propulsores e, consequentemente, a velocidade do veículo.

Por que o freio motor é importante?

Em primeiro lugar, sem dúvida, é a segurança. Em descidas longas e íngremes, mesmo os caminhões sem carga, têm peso muito grande, capaz de sobrecarregar o sistema de freios, e causar acidentes muito graves.

O freio motor é, então, uma ferramenta fundamental e feita para aumentar a proteção para o próprio caminhoneiro e o veículo.

Além disso, por desafogar a demanda sobre os freios, reduz o desgaste de pastilhas, discos, lonas e tambores. Portanto, representa uma economia na manutenção regular do caminhão, visto que esses componentes precisam ser comumente substituídos para manter sua eficácia.

Outro benefício, também associado à redução do desgaste dos freios, é a redução/erradicação do fenômeno conhecido como “fading”, que consiste no superaquecimento de alguns componentes, o que é capaz de deixar o caminhão praticamente sem freio e com grandes chances de causar acidentes.

Mitos sobre o freio motor

Muitos caminhoneiros deixam de acionar o freio motor, ainda que solicitado por diversas sinalizações ao longo da estrada, por acreditarem em alguns mitos e boatos comumente ditos.

Alguns dos conceitos que comprovadamente são boatos sobre o uso do dispositivo, são:

  • Aumenta o consumo de combustível: esse raciocínio é feito pois, quando acionado o freio motor, em geral, o veículo faz um barulho muito mais alto. Entretanto, sem pisar no acelerador, não há injeção de combustível. Quando o movimento é de desaceleração, o aumento do giro se deve a outros fatores e não gasta combustível nenhum. Nesse sentido, acionar o freio motor pode até contribuir para a redução do consumo de combustível.

 

  • Superaquece o motor: o superaquecimento do motor é um dos maiores medos de qualquer motorista, pois o conserto é caro e trabalhoso. Esse tipo de problema pode acontecer devido à problemas em outras peças do motor e, na situação em que outros componentes do motor funcionem normalmente, a variação de temperatura causada pelo uso do freio motor é quase insignificante.

O freio motor é uma tecnologia que surgiu em favor dos caminhoneiros e merece bastante atenção, pois pode evitar diversas perdas – financeiras, pessoais e emocionais. Existem muitos mitos e lendas sobre ele, mas com um pouco de pesquisa, é possível perceber que os benefícios são muito maiores!

O que achou desse post? Conta pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *