O WhatsApp é uma ferramenta muito popular no Brasil. Hoje em dia, todo mundo vive conectado através dela com conversas constantes por texto ou clipes de voz, compartilhamento de fotos, vídeos e links.

É quase impossível conhecer alguém que não conheça ou não use o aplicativo, seja no celular e nos últimos anos, pelo computador. Com essa grande quantidade de usuários sempre crescente, o WhatsApp se tornou uma ótima forma de espalhar notícias e propagandas, já que ela evita custos de publicação e consegue se espalhar rapidamente nas conversas pessoais ou grupos.

O problema disso é que não são só notícias verdadeiras que andam se espalhando. Notícias falsas, mais conhecidas pelo termo em inglês Fake News, começaram a circular cada vez mais através do aplicativo.

Com suas chamadas mais exageradas, textos e informações polêmicas e o cenário político conturbado que o Brasil vive atualmente, o WhatsApp foi perfeito para disseminar qualquer tipo de Fake News.

Pensando nisso, esse artigo vai te mostrar 5 formas de reconhecer essas notícias falsas e o compartilhamento para que não se espalhem cada vez mais.

1 – Informe-se sobre o site

 

 

A quantidade de sites na internet é gigantesca. Muitos deles possuem agenda política específica ou sou até clonados de um site real já existente. Por isso, procure saber sobre o site e as pessoas que escrevem para ele, é comum que sites falsos ou de conteúdo duvidoso não mostrem esse tipo de informação.

 

2 – A URL e a escrita indicam Fake News

 

É bom ficar atento ao endereço do site, mais especificamente a URL: nomes informais ou semelhantes demais a outros sites com quase certeza são sites que publicam Fake News. Claro, textos mal escritos, layouts confusos e com muitos erros de português é garantia de que aquela notícia é falsa.

 

3 – Não acredite de primeira

 

Ao se deparar com manchetes muito apelativas ou chocantes, desconfie. Pesquise em outros sites, de preferência os mais conhecidos e confiáveis. Se for verdade, provavelmente outros veículos de imprensa também terão publicado sobre o assunto. Caso contrário, se trata de mais uma Fake News.

 

4 – Cuidado com fotos e vídeos

 

Além de ser mais rápido de acompanhar, vídeos e fotos costumam ser mais engraçados ou chocantes, por isso muitas vezes são usados como forma de passar alguma informação e atrair o usuário. Assim, é muito comum ver essas mídias sendo usadas para compartilhar Fake News.

Se informe melhor sobre o conteúdo do vídeo ou foto, procure sobre eles em outros canais de notícias e veja onde a discussão costuma começar: se todo mundo fala que viu no WhatsApp, a chance do conteúdo ser manipulado é muito grande.

 

5 – Cheque as fontes

 

Às vezes, até sites grandes e conceituados caem em Fake News. Então, sempre que possível, cheque as fontes da notícia e procure saber mais sobre as informações.

Hoje em dia, com a velocidade e quantidade de informação que surge na internet, é comum encontrar artigos que não foram conferidos ou que sejam escritos para atrair o leitor, dizendo apenas meias verdades ou distorcendo fatos.

O que fazer quando se deparar com Fake News?

Primeiramente, se você recebeu de um amigo ou grupo no WhatsApp, converse com essas pessoas e mostre o que encontrou sobre a notícia em questão. Conscientize-os dos problemas que isso pode causar e mostre qual a verdade por trás da notícia.

Se você não tem certeza da veracidade da informação, converse com as pessoas e peça para que comprovem os fatos. Hoje em dia também existem sites que checam boatos e fake News recebidas de denúncias de usuários, tente conferir nesses canais.

O WhatApp e o Facebook possuem formas de denunciar Fake News, use esses recursos sempre que se deparar com alguma notícia desse tipo. Então, sempre que possível, Denuncie!

Você já foi vítima de Fake News? Conte para a gente, nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *